DEFENDENDO O MEU CAMPO DE LENTILHAS

Mensagem ministrada pelo Apóstolo Marco Aurélio no culto de celebração da família, domingo 14 de julho de 2013

TEXTO BASE:

2 Samuel 23.11-12

11  Depois dele, Sama, filho de Agé, o hararita, quando os filisteus se ajuntaram em Leí, onde havia um pedaço de terra cheio de lentilhas; e o povo fugia de diante dos filisteus.

12  Pôs-se Sama no meio daquele terreno, e o defendeu, e feriu os filisteus; e o SENHOR efetuou grande livramento.

No tempo do rei Davi eram muitos os desafios, mas ele contava com seus “Valentes”. Eles eram os heróis que realizaram grandes feitos, registrados nas Sagradas Escrituras. Um deles chamava-se Samá.

Mas o que fez Samá para ser considerado um herói? Ele defendeu um terreno com um campo de lentilhas em Israel, enquanto o povo israelita fugia.

O que são lentilhas? São leguminosas tipo sementes, contendo muito ferro, muito nutritivas mas de pouco valor comercial.

Em Gênesis 25:29-34 nos mostram a venda da primogenitura de Esaú a Jacó. Embora mais tarde Esaú alegue que foi enganado (27.36), a verdade é que foi ele mesmo que desvalorizou o seu direito de primogenitura e o vendeu por um guisado de lentilhas.

Segundo escavações arqueológicas do período patriarcal, é conhecido que o direito de primogenitura era negociável e poderia ser transferido através de um acordo.

Foi isso que Jacó fez com Esaú, um acordo: “Eu te dou este guisado em troca do seu direito de primogenitura”, ao que Esaú concordou, pronto, negócio fechado; Esaú foi precipitado e inconsequente por vender seus direitos por desejo de saciar momentaneamente sua fome.

Ser primogênito dava vários direitos ao possuidor; na ausência do pai o primogênito era o responsável pela família; ainda tinha direito à porção dobrada da herança sobre qualquer outro irmão.

“E ninguém seja devasso, ou profano, como Esaú, que por uma refeição vendeu o seu direito de primogenitura. Porque bem sabeis que, querendo ele ainda depois herdar a benção foi rejeitado, porque não achou lugar de arrependimento, ainda que com lágrimas o buscou. (Hb. 12.14)”

Segundo a Bíblia, Esaú cedeu a Jacó seu direito de primogenitura em troca de um prato de lentilhas. Mas Samá achou um desaforo que os filisteus subissem para destruir as plantações de Israel.

A MENSAGEM:

Um belo dia, os agricultores estavam no campo de lentilhas e derrepente uma sobra de soldados e guerreios filisteus cubriu aquela plantação.

Samá também sabia que estava ao lado de um povo acostumado a fugir. Por que defender algo de tão pouco valor?

Aquele campo poderia ser sem valor para outros, mas tinha valor para Samá.

No texto que lemos a Bíblia diz que o jovem Samá plantou um campo de lentilhas; essa plantação consumiu muitos dias de trabalho, esforço e dedicação, numa época sem qualquer tecnologia; todo o serviço era feito manualmente. Ao amanhecer do dia lá estava Samá no seu campo de lentilhas.

O nome de Samá aparece uma única vez na Bíblia, empunhando uma espada e defendendo o que era importante para ele.

Os filisteus, fortes guerreiros, que eram as “pedrinhas” no sapato de Israel, resolveram invadir a cidade Lei e tomar posse da plantação.

O povo, diante da ameaça, fugiu para longe empurrado pelo medo. Porém, o jovem Samá decidiu ficar e resistir à investida inimiga. Jogou com a própria vida. Pegou sua espada e esperou pelos invasores. Ele sabia quanto lhe custou semear as lentilhas E Deus realizou grande livramento. Duro é chegar num lugar e todos estarem prostrados ou mesmo mortos. Aí Deus não tem como realizar nenhum livramento. Mas se houver um só de pé, então há esperança.

Diz o provérbio popular que “uma andorinha não faz verão”. Uma andorinha pode não fazer verão, mas um aliado a Deus pode muito mais do que se imagina. Um com Deus é maioria.

Deuteronomio 32:30 – Como poderia um só perseguir mil, e dois fazerem fugir dez mil, se a sua Rocha lhos não vendera, e o SENHOR lhos não entregara?

“Pôs-se Samá no meio daquele terreno e o defendeu, e feriu os filisteus: e o Senhor efetuou grande livramento”. Enquanto o povo fugia diante do inimigo, Samá o enfrentou. O povo deixou para trás as plantações, o gado, as galinhas , as ovelhas, e suas casas.

Enquanto corriam, os homens gritavam para Samá: “Fuja, não fique sozinho na aldeia; você vai morrer.”

AQUELES QUE FICAM ESPERANDO PARA SABER QUAL A VONTADE DE DEUS ESTÃO SENDO ATROPELADOS POR QUEM JÁ ESTÁ FAZENDO A VONDADE DE DEUS

Mas ele ficou. Pegou sua espada, e pôs-se de pé no meio do campo de lentilhas para defendê-lo. Aquele gesto podia não valer tanto para os outros, nem ter algum significado, mas para ele era muito importante, pois ali no campo de lentilhas estava o resultado do seu árduo trabalho.

E Deus fez registrar na Bíblia seu ato de coragem. Deus procura pessoas assim que, mesmo estando em perigo, empunham suas espadas e colocam-se em posição de defesa; que preferem arriscar-se na luta; que decidem não entregar de mão beijada seu campo ao inimigo. Deus procura pessoas decididas a empunhar a espada e a confiar no poder que emana do Seu santo nome!

VOCÊ DEVE VALORIZAR O DOM QUE DEUS TE DEU. A Palavra diz em Romanos 11:29 – que: ….os dons e a vocação de Deus são irrevogáveis. “os dons e a vocação de Deus são irrevogáveis”.

O que significa isso? Que aquilo que Deus nos dá ele não invalida, nem toma de volta.

Será que Deus está preocupado com lentilhas? Na verdade Deus quer que aprendamos as lições desse episódio. Muitos estão deixando que os demônios (os filisteus atuais) destruam o que é seu.

A – ENTÃO, O QUE VOCÊ DEVE DEFENDER?

1. DEFENDA SUA UNÇÃO.

A unção de Deus precisa ser defendida.

Só tem a visão de Deus quem tem a unção do Espírito Santo.

A unção é o chamado de Deus, a capacitação para realizarmos a sua obra. Foi pela unção do Espírito Santo que Davi se tornou um rei vencedor em Israel. Por isso Paulo disse que foi fiel à visão celestial (At 26.19).

B – ENTÃO, COMO DEFENDER A UNÇÃO? Quando se afasta do pecado, guarda a Palavra e a pratica, permanecendo na presença do Senhor (Sl 119.11 e 105.4).

Você precisa prestar atenção nos detalhes , você tem que fazer como aquele valente fêz, não deixar o inimigo pegar nada, assim é alguma área da sua vida, não entregue nada para o inimigo, pois se você entregar é ali que ele vai ESTABELECER A SUA BASE.

A bíblia fala em Cantares 2:15 – Apanhai-me as raposas, as raposinhas, que devastam os vinhedos, porque as nossas vinhas estão em flor.

Porque que muitos casamentos se desfazem? Um pequeno desrespeito, um pequeno pecado não perdoado, uma mágoa, um desapontamento. As pequenas raposas que encendeiam uma floresta, derrepente uma raiz de amargura começa a crescer e então ele pode destruir completamente aquele casamento ou aquele ministério. Está escrito Em Êxodo 20:14  Não adulterarás. E também está escrito Mateus 5:28  Eu, porém, vos digo: qualquer que olhar para uma mulher com intenção impura, no coração, já adulterou com ela.

Livrar-se do ódio. A bíblia fala em Êxodo 20:13  Não matarás. Mas se odiar o seu irmão você já, matou ele: 1 João 3:15  Todo aquele que odeia a seu irmão é assassino; ora, vós sabeis que todo assassino não tem a vida eterna permanente em si.

Como saber se você está com ódio de alguém? O ódio é um sentimento intenso de raiva. Traduz-se na forma de antipatia, aversão, desgosto, rancor, inimizade ou repulsa contra uma pessoa ou algo, assim como o desejo de evitar, limitar ou destruir o seu objetivo. O ódio é o contrário do amor, ou a amizade.

O Valente não chegou lá para conversar, ele chegou naquele lugar para lutar, temos que ser brutos com o pecado. Você precisa fazer a coisa certa

Jó 27:5b – Até que eu expire, nunca afastarei de mim a minha integridade.

A Bíblia fala em Provérbios 22:1  Mais vale o bom nome do que as muitas riquezas; e o ser estimado é melhor do que a prata e o ouro. Uma pessoa que tem íntegridade é uma pessoa de conduta reta, pessoa de honra, ética, educada, que nos dá uma imagem de inocência, pureza ou santidade, o que é íntegro, é justo e perfeito, é puro de alma e de espírito.

Hoje temos a Palavra de Deus em nossas mãos e também o Espírito Santo conosco, que nos guia, nos ensina e nos capacita com sua unção e seus dons maravilhosos.

Ora, se Samá deu a sua vida para defender um campo de lentilhas, nós também devemos defender a unção que Deus nos deu.

2. DEFENDA SUA FAMÍLIA:

Vivemos dias difíceis, dias trabalhosos. O inimigo tem levantado um grande cerco contra a família instituída por Deus. Vivemos a era da crise familiar. Mas se Deus te colocou numa família, defenda-a. Honre seu cônjuge. Respeite-o e ame-o profundamente. Clame ao Senhor pelas promessas que ele fez para a sua família.

A-Defenda seus filhos.

Os seus filhos são também o seu campo de lentilhas. Procure saber quem são os amigos de seu filho ou de sua filha, pois hoje há muitas “invasões” sobre crianças, adolescentes e jovens, tais como as drogas, os vícios e impurezas, como o homossexualismo.

O que acontece com um campo que não tem cerca? Imponha limites aos seus filhos, enquanto são menores. Oriente-os, se são maiores. “Ensina o teu filho no caminho que deve andar” (Pv 22.6).

Não deixe seus filhos dormirem na casa de seus colegas, a não ser que você conheça bem os seus pais. Mesmo assim, o melhor é não permitir. Seus filhos podem não ter valor para os outros, mas são valiosos pra você!

3. DEFENDA SUA FÉ:

Onde está a tua fé?

Em que ela está baseada?

O que você está fazendo com a fé que uma vez por todas foi entregue aos santos?

“Está escrito: o meu justo viverá pela fé”, diz o Senhor (Rm 1.17b). A fé só se baseia na Palavra de Deus, que não passa mas permanece para sempre. Por isso Paulo disse “combati o bom combate, completei a carreira e guardei a fé!”.

4. ENTÃO, COMO FAZER PARA DEFENDER O SEU “CAMPO DE LENTILHAS”?

A – Não fuja como o povo israelita

V. 11c – Levante-se com coragem, posicione-se e não siga o caminho da fuga. Se você não defender seu campo de lentilhas, ou seja, um bem quase sem valor, como você defenderá os bens mais valiosos? Não esqueça que se Deus está conosco nós já somos maioria. Coloque-se no meio do seu campo de lentilhas, e resista corajosamente.

B – Lute por seu campo

V. 12a – Não aceite que o medo, a crítica ou o desânimo te assustem. Não desista no primeiro obstáculo. Lute pelo que Deus te deu. Jesus nos disse que tudo o que pedirmos em oração, crendo, receberemos (Mt 21.22). É a mesma coisa nas nossas lutas: se perseverarmos, venceremos! Quem sabe você está orando por alguém da sua família. Então declare: “eu e minha casa serviremos ao Senhor!”

C – O Senhor te dará grande livramento

V. 12b – Samá tomou posição naquele terreno, isto é, ele se posicionou decisivamente e defendeu aquela plantação. Então diz o texto que “o Senhor efetuou um grande livramento”. Deus estava com Samá, e lhe deu grande vitória. Assim também o Senhor fará contigo, na defesa do teu campo de lentilhas.

5 – CONCLUSÃO

A bíblia diz que o diabo não tem nada e não dá nada pra ninguém, pois “ele vem para roubar, matar e destruir”. Mas Jesus veio para dar vida, e vida com abundância.

Jesus veio para libertar o cativo e restaurar-nos para a glória de Deus. Portanto, não arrede o pé do seu campo de lentilhas.

Não abra mão daquilo que Deus te deu.

Veja o que Deus te deu: sua vida, sua saúde, seu casamento, seus filhos, sua família, seu negócio, seu emprego, a unção de Deus, seus sonhos etc. Não fuja, mas lute e seja valente, e o Senhor te dará grande livramento!

6 – APELO E CHAMAMENTO